Depardieu e Adjani estarão em filme sobre Strauss-Kahn

sexta-feira, 31 de agosto de 2012 17:22 BRT
 

PARIS, 31 Ago (Reuters) - O outrora poderoso casal Dominique Strauss-Kahn e Anne Sinclair serão interpretados por dois dos atores mais conhecidos da França, Gerard Depardieu e Isabelle Adjani, num novo filme que trata de sexo, política e de crise conjugal.

Strauss-Kahn, então diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), foi preso em maio de 2011 em Nova York sob a acusação de ter estuprado uma camareira de hotel. A acusação foi posteriormente arquivada, mas bastou para acabar com suas ambições políticas e com seu casamento com Sinclair, uma popular jornalista de TV.

"Deve ser fascinante, porque temos um diretor que não é francês, e ele vai em cima de onde dói", disse Adjani numa recente entrevista ao semanário Journal de Dimanche, referindo-se ao cineasta norte-americano Abel Ferrara.

"Com ele, não há risco de ser politicamente correto", afirmou a atriz, acrescentando que a filmagem deve começar em breve.

Nesta sexta-feira, Sinclair disse ao jornal Le Parisien que não foi contatada sobre o filme, mas que respeitava a escolha de Adjani para interpretá-la.

Em março, Depardieu disse que Strauss-Kahn foi "arrogante" e "egoísta", mas que por isso mesmo o considerava um personagem interessante de interpretar.

(Reportagem de Alexandria Sage)