Snoop tira o "Dogg" do nome e agora mira estilo reggae

sábado, 8 de setembro de 2012 16:09 BRT
 

TORONTO, 8 Set (Reuters) - O rapper Snoop Dogg insiste que, por hora, tirou o "Dogg" do nome para assumir uma nova identidade, Snoop Lion.

Snoop se tornou um dos rappers mais famosos no mundo depois de seu álbum de estreia, o "Doggystyle", de 1993, e ajudou na ascensão do "gangsta rap". Mas o ator e cantor californiano, que gostava de aparecer com armas, drogas e como "cafetão", agora diz ter abraçado a paz e o amor da música reggae.

Na sexta-feira, no Festival Internacional de Filmes de Toronto, ao falar sobre um novo documentário que mostra a mudança, ele afirmou que essa transformação não deveria ser tão surpreendente: "Eu sempre disse a mim mesmo que sou Bob Marley reencarnado".

Seu novo filme, produzido por sua própria empresa, tem exatamente esse nome, "Reencarnado". Assim como muitos documentários musicais dos últimos anos, ele promove o álbum de reggae que será lançado, mostrando como cada música foi gravada, incluindo uma com o lendário Bunny Wailer.

Mas grande parte da jornada de Snoop pela cultura Rasta na Jamaica é feita com declarações sobre seu amor pela maconha e pela variedade local da droga. Em uma cena, ele é levado à selva e fuma plantas colhidas do chão.

O que ele busca demonstrar, no entanto, é que aos 40 anos de idade está mais velho, mais esperto e embarcou em uma odisseia espiritual e musical. Seu novo nome, de acordo com o filme, não foi escolhido por ele, mas por religiosos rastafari na Jamaica.

"Eles acabaram de me coroar como 'o leão' porque é associado com o rastafari e com a música reggae. Eles achavam que Dogg já não era necessário", afirmou. "Foi uma transformação natural. É como sair de 'o cachorro' para o 'leão', entende?"

A mudança, anunciada em julho, é pelo menos a terceira para Snoop, que começou no hip-hop como "Snoop Doggy Dog". Ele é também conhecido como "The Doggfather" (em referência ao nome em inglês do filme "O Poderoso Chefão") e "Tio Snoop". Por isso há ceticismo nas mídia sociais sobre se ele realmente abraçou o reggae.

Mas, na sexta-feira, vestido de branco e com um chapéu rasta branco, ele falou sobre "uma verdadeira transformação", o "amor e paz internos" e sua devoção à mulher e aos filhos.   Continuação...

 
Rapper Snoop Dogg participa de estreia do documentário "Marley", em Hollywood. O rapper Snoop Dogg insiste que, por hora, tirou o "Dogg" do nome para assumir uma nova identidade, Snoop Lion. Foto de Arquivo. 17/04/2012 REUTERS/Mario Anzuoni