Realeza britânica processa revista por fotos de Kate de topless

sexta-feira, 14 de setembro de 2012 18:44 BRT
 

PARIS/LONDRES, 14 Set (Reuters) - A família real britânica deu início a um processo judicial contra uma revista francesa, nesta sexta-feira, por uma invasão "grotesca" de privacidade, depois que a revista publicou fotos da mulher do príncipe William, Kate Middleton, de topless.

A revista de fofocas Closer publicou uma dúzia de fotografias da duquesa de Cambridge de férias no sul da França, em que Kate aparece sem a parte de cima do biquíni, deitando-se em uma cadeira de sol e em um momento com a parte de baixo do biquíni abaixada, enquanto William passava protetor solar em suas costas.

"O Palácio de St. James confirma que os procedimentos legais por invasão de privacidade começaram hoje na França pelo duque e pela duquesa de Cambridge contra os editores da Closer Magazine France", disse o escritório do casal em um comunicado.

Um tribunal de Nanterre, perto de Paris, informou que o advogado do casal real entrou com uma moção para iniciar o procedimento, e os editores da Closer serão ouvidos na segunda-feira.

Sob a manchete "Oh, meu Deus!", as fotos mostram o casal tomando sol em uma casa do século 19.

O caso é um mais golpe para o Palácio de Buckingham, que tenta seguir adiante depois do escândalo das fotos do príncipe Harry nu publicadas no mês passado por um site dos Estados Unidos.

(Por Catherine Bremer e Alessandra Prentice)

 
Kate Middleton, esposa do príncipe William, é vista durante visita a Cingapura. A família real britânica deu início a um processo judicial contra uma revista francesa, nesta sexta-feira, por uma invasão "grotesca" de privacidade, depois que a revista publicou fotos de Middleton de topless. 13/09/2012 REUTERS/Tim Chong