26 de Setembro de 2012 / às 13:22 / em 5 anos

Autora de "Harry Potter" estreia como incógnita na literatura adulta

J.K. Rowling lançará seu primeiro romance adulto cinco anos após o último volume da série "Harry Potter" ser lançado . 11/11/2010. REUTERS/Stefan Wermuth

Por Mike Collett-White

LONDRES, 26 Set (Reuters) - J.K. Rowling vai mergulhar em águas desconhecidas na quinta-feira ao lançar seu primeiro romance adulto, cinco anos depois do sétimo e último volume da série “Harry Potter”, que se tornou o livro de vendagem mais rápida na história.

“The Casual Vacancy” tem tudo para entrar nas listas de best-sellers na Grã-Bretanha, nos EUA e em outros países, já que o nome de Rowling garante milhões de compradores, dando uma bem-vinda força para editoras e livrarias.

Mas mesmo tudo isso pode parecer um pouco frustrante para uma autora que re-escreveu as regras do setor editorial e atraiu uma atenção que a mídia e o público geralmente reservam para estrelas de Hollywood.

Os sete volumes das aventuras dos menino-mago Harry Potter já venderam 450 milhões de exemplares no mundo, e o lançamento de cada um deles causava grande histeria entre os fãs.

Agora, a autora britânica, de 47 anos, disse esperar um lançamento mais discreto.

“Na medida do possível, eu gostaria que essa fosse a publicação normal de um livro”, disse ela ao jornal USA Today. “Parte do furor que cercava uma publicação de ‘Harry Potter’ era divertida. Sempre adorei conhecer os leitores. Sempre adorei fazer eventos no qual eu falava com os leitores, mas parte disso, sinceramente, não tinha graça nenhuma.”

“A coisa ganhou vida própria. Uma parte era pura insanidade, e eu não conseguia controlar. Não conseguia parar. Não conseguia dominar. Por mais incrível que seja olhando agora, nunca mais vou procurar aquilo.”

Essa “insanidade” pode explicar porque a nova história sobre os preconceitos de classe numa pequena cidade inglesa terá um lançamento tão discreto. A imprensa lhe dedica um interesse quase inimaginável para a maioria dos autores, mas Rowling planeja poucas aparições -- sendo uma delas no dia do lançamento em Londres.

A revista “New Yorker” descreveu “The Casual Vacancy”, publicado pelo selo editorial Little, Brown, como “uma comédia de costumes rural que, após abordar temas sociais estado da nação, se transforma em um melodrama sombrio”.

Seu ponto de partida é a repentina morte de Barry Fairbrother, desencadeando tensões entre os abastados moradores da cidade e os habitantes mais pobres de um condomínio afastado.

Para Rowling, que começou a escrever “Harry Potter” como uma mãe solteira dependente de benefícios sociais, o tema da pobreza e do preconceito de classe era especialmente importante.

“Os pobres são discutidos como um purê homogêneo, como um mingau”, disse ela ao jornal Guardian. “A ideia de que eles possam ser indivíduos, e de que estão onde estão por razões muito diferentes e diversas, novamente parece escapar a algumas pessoas.”

Graças a “Potter”, Rowling se tornou, segundo a revista Forbes, a primeira escritora (ou escritor) do mundo a ficar bilionária com a venda de livros e dos direitos da sua obra para o cinema.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below