Anistia alerta Rihanna e Shakira sobre situação no Azerbaijão

sexta-feira, 5 de outubro de 2012 19:15 BRT
 

5 Out (Reuters) - A Anistia Internacional recomendou na sexta-feira às cantoras Rihanna e Shakira que fiquem atentas às recentes prisões de jornalistas, blogueiros e ativistas no Azerbaijão, onde elas têm shows marcados neste mês.

Em carta conjunta, a Anistia e a entidade Cante pela Democracia pediram às cantoras que chamem a atenção para a causa dos direitos humanos e da liberdade de expressão na ex-república soviética.

"Ambas as cantoras devem estar cientes da situação no país após o Eurovision", disse a carta, referindo-se ao concurso musical internacional disputado em maio na capital, Baku, e que motivou protestos de azeris reivindicando democracia.

Dezenas de manifestantes foram detidos na época, e vários jornalistas e ativistas políticos foram presos desde então.

Rihanna, de 24 anos, tem show marcado no sábado em Baku. Shakira, de 35 anos, canta na cerimônia da Copa do Mundo Feminina Sub-17, um evento da Fifa, no dia 13, e em outro lugar da cidade no dia 14.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)