BBC investigará acusações de que apresentador cometeu abusos sexuais

sexta-feira, 12 de outubro de 2012 16:51 BRT
 

LONDRES, 12 Out (Reuters) - A rede britânica BBC vai abrir dois inquéritos internos para investigar acusações de que o finado apresentador de TV Jimmy Savile, nome familiar a milhões de pessoas, usou sua fama para abusar sexualmente de crianças por mais de quatro décadas, informou a companhia nesta sexta-feira.

Acusações contra Savile, uma ecêntrica figura que apresentou programas infantis e levantou dezenas de milhões de libras para caridade, começaram a aparecer desde sua morte no ano passado, aos 84 anos de idade.

A BBC arquivou uma investigação contra Savile por seu programa Newsnight porque os editores estava preocupados de que as alegações de abuso não poderiam ser fundamentadas.

O diretor-geral da BBC, George Entwistle, disse que investigações independentes procurariam os motivos por trás dessa decisão e avaliariam se o modo como a emissora era conduzida no auge da fama de Savile teria permitido "a ele ou outros praticar abuso sexual de crianças."

A polícia recebeu até o momento 12 acusações de ofensas sexuais, esteve em contato com 40 vítimas potenciais e investiga 340 ligações.

(Por Matt Falloon)