BBC diz que transmissões são interrompidas no Oriente Médio

quinta-feira, 18 de outubro de 2012 13:27 BRT
 

LONDRES, 18 Out (Reuters) - A BBC afirmou na quinta-feira que suas transmissões foram interrompidas no Oriente Médio e na Europa, apenas algumas semanas após seu provedor de transmissão via satélite acusar o Irã de tentar bloquear programas dos EUA e Europa.

A emissora pública britânica não disse quem estava interferindo com o sinal, mas a empresa Eutelsat, que transmite alguns de seus programas, com sede em Paris, disse em 4 de outubro que o Irã estava obstruindo deliberadamente os sinais de satélite.

A Eutelsat, um dos principais fornecedores de satélite da Europa, disse esta semana que tinha retirado a televisão estatal e canais de rádio iranianos do ar para cumprir sanções mais duras da UE sobre o Estado islâmico.

"A BBC, em conjunto com uma série de outras emissoras, está sofrendo interferência deliberada, intermitente em suas transmissões para o público na Europa e no Oriente Médio", disse a BBC em um comunicado.

"Interferência deliberada, como o bloqueio de transmissões, é uma flagrante violação das normas internacionais sobre o uso de satélites e condenamos veementemente qualquer prática destinada a interromper o acesso para as audiências às notícias e informação", declarou a emissora.

Um porta-voz da BBC recusou-se a falar quem poderia ser responsável pela interrupção. Uma porta-voz da Eutelsat não foi localizado para comentar o assunto.

Em fevereiro, o então chefe da BBC, Mark Thompson, disse que o Irã tentou repetidas vezes bloquear os programas de TV de língua persa e disse que as autoridades iranianas prenderam e ameaçaram funcionários do serviço persa da emissora britânica.

Em setembro do ano passado, o Irã prendeu várias pessoas por terem fornecido informações para a BBC, acusando-as de tentar retratar uma imagem negativa da República Islâmica.

A BBC disse na quinta-feira que os serviços que sofreram interrupção incluíam os programas BBC World News, canais de televisão árabes da BBC e os programas de rádio em inglês e árabe BBC World Service.

(Reportagem de Guy Faulconbridge; Reportagem adicional de Peter Schwarzstein e Stephen Eisenhammer)