29 de Outubro de 2012 / às 15:13 / 5 anos atrás

Vilão em novo 007, Bardem diz que os vilões atuais resgatam bancos

Ator Javier Bardem posa durante evento promocional do novo filme do James Bond “Skyfall”, em hotel no centro de Londres. Depois de interpretar o vilão da mais recente edição da franquia cinematográfica 007, o ator espanhol Javier Bardem disse nesta segunda-feira que os vilões de hoje são aqueles que resgatam os bancos. 22/10/2012 REUTERS/Andrew Winning

Por Leticia Nunez

MADRI, 29 Out (Reuters) - Depois de interpretar o vilão da mais recente edição da franquia cinematográfica 007, o ator espanhol Javier Bardem disse nesta segunda-feira que os vilões de hoje são aqueles que resgatam os bancos.

O sistema bancário espanhol está em pleno processo de reestruturação, que inclui um programa de assistência financeira de até 100 bilhões de euros em colaboração com o Banco Central Europeu.

“Hoje, os vilões são aqueles que resgatam os bancos, e não as pessoas. Aqueles que não sabem o que significa uma expulsão”, disse o ator, tradicionalmente crítico, ao ser questionado sobre como são os vilões atuais. “Eles fazem um dano muito maior do que eu possa fazer nos filmes.”

O 23o filme da franquia James Bond traz Bardem no papel de um vilão perigoso, com olhar “desconfortável”, que tenta derrubar o sedutor 007, interpretado pela terceira vez por Daniel Craig.

“É o meu primeiro monstro no cinema. O fato de ter sido produzido como foi se deve a um extraordinário trabalho de equipe”, elogiou Bardem, quando perguntado se estava se sentindo no topo de Hollywood graças a seu papel no filme que comemora o 50º aniversário da saga Bond.

CAMARADAGEM

“Skyfall” estreou no último fim de semana nos cinemas britânicos quebrando recordes de público. Craig e Bardem mostraram cumplicidade e brincaram um com o outro durante a coletiva de imprensa lotada.

“É o meu vilão favorito. É um dos melhores atores que temos agora e um cavalheiro maravilhoso”, disse Daniel Craig referindo-se a Bardem, ao que o espanhol respondeu brincando: “Isso me custou muito presunto”.

“Foi uma das experiências mais prazerosas em nível profissional e pessoal. É difícil chegar a um lugar onde há uma família construída e fazer um papel como esse. É um ator extraordinário”, afirmou o espanhol.

“Skyfall” destaca um dilema entre o novo e o velho, mostrando um herói com seus próprios problemas pessoais em uma jornada que se revela contra ele mesmo.

É a primeira vez que Mendes dirigiu um filme de James Bond. O cineasta britânico ganhou o Oscar de melhor diretor em 2000 por Beleza Americana. “Minha relação mudou com cada novo Bond. Estou muito orgulhoso desta família”, disse Mendes.

Os 22 filmes de James Bond já arrecadaram um total de 5,1 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais, segundo a Numbers.com. O mais recente, Casino Royale, arrecadou quase 600 milhões de dólares no mundo todo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below