Vestidos de Amy Winehouse são roubados, diz família

quinta-feira, 1 de novembro de 2012 22:00 BRST
 

LONDRES, 1 Nov (Reuters) - Dois vestidos usados pela falecida cantora Amy Winehouse foram roubados da casa onde ela morava, disse a fundação beneficente da sua família à Reuters na quinta-feira.

As peças seriam leiloadas no final deste ano e começo do próximo, em Nova York e Londres, para arrecadar fundos destinados à Fundação Amy Winehouse, que financia projetos de abrigos para crianças e ajuda antidrogas.

Um dos vestidos roubados era o traje que ela usou em 2007 para se casar com Blake Fielder-Civil, e o outro era um vestido de festa com estampa de jornal. Ambos foram levados do guarda-roupa da casa, depois de terem sido catalogados com outros itens.

A fundação disse que a casa não foi arrombada, e que uma queixa formal à polícia será feita em breve. "Tem de ter sido alguém com acesso à casa", disse um porta-voz da fundação.

Amy foi achada morta na sua casa, em julho de 2011, aos 27 anos, vítima de um envenenamento acidental pelo consumo de álcool, segundo a conclusão das autoridades. Não havia drogas ilícitas no seu organismo, apesar do seu histórico de dependência. Ela havia se separado de Fielder-Civil em 2009.

(Reportagem de Paul Casciato)

 
A cantora Amy Winehouse se apresenta em Londres, em fevereiro de 2008. Amy foi achada morta em sua casa, em julho de 2011, aos 27 anos, vítima de um envenenamento acidental pelo consumo de álcool. 20/02/2008 REUTERS/Alessia Pierdomenico