Taylor Lautner busca novos rumos após "Crepúsculo"

quarta-feira, 7 de novembro de 2012 18:55 BRST
 

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES, 7 nov (Reuters) - Com o final da saga de "Crepúsculo" se aproximando com o último filme, o ator Taylor Lautner busca um novo alvorecer para o próximo estágio de sua carreira.

Lautner, de 20 anos, ganhou fama após ser escalado para interpretar o lobisomem Jacob Black nos filmes "Crepúsculo", envolvido em um tórrido triângulo amoroso com Bella Swan, interpretada por Kristen Stewart, e o vampiro Edward Cullen, de Robert Pattinson.

Ele ficou bastante conhecido pela sua boa aparência e pelas cenas sem camisa. Em "Amanhecer-Parte 2", em exibição nos cinemas norte-americanos a partir de 16 de novembro, o personagem de Lautner encontra um novo amor, embora incomum, e apresenta um lado cômico, enquanto a história chega ao fim.

Lautner conversou com a Reuters sobre deixar para trás Jacob e seus colegas de elenco e por que o filme final da saga poderá fazer os fãs chorarem.

P: O que tem de diferente em Jacob em "Amanhecer - Parte 2"?

R: Ele sempre foi muito estressado e emocional e as coisas não vão do jeito dele e um enorme peso foi tirado de suas costas nesse filme, enorme. Foi legal interpretar esse lado de Jacob, no qual ele podia descansar e relaxar e sorrir e contar piadas engraçadas de vez em quando.

P: Jacob encontra sua alma gêmea na filha de Bella e Edward, Renesmee, no momento em que ela nasce. Foi um desafio equilibrar a afeição dele por ela sem se deparar com algo assustador?

R: Foi um desafio e é algo muito complicado, mas de fato ninguém entende mais disso do que Stephenie Meyer, que o criou. Eu estava conferindo suas ideias o dia inteiro sobre isso. Basicamente, ela me disse várias vezes: ‘Taylor, pare de pensar demais sobre isso, pare de tentar levar isso a lugares diferentes...Trata-se de um elo de uma vida inteira entre duas pessoas, é isso.' No filme, (Renesmee) tem 10 anos, é muito mais uma relação de protetor no momento, e é claro que a relação crescerá, mas não exploramos isso, mas foi importante para mim mantê-la simples.

P: Do que você vai sentir mais falta sobre o seu personagem e a franquia?

R: Esses personagens nunca pararam de mudar durante toda a franquia e é disso que eu gosto em Jacob. O próprio Jacob cresceu tanto e passou por tantos obstáculos e foi um personagem fantástico de interpretar. Para mim, será difícil não passar mais tempo com as pessoas que amo. Ficamos tão próximos nos últimos anos. Nossa relação vai superar isso, mas não ter essa desculpa para passar dia após dia juntos durante as filmagens ou as promoções será diferente.

 
Ator norte-americano Taylor Lautner é visto após coletiva de imprensa da divulgação do filme "A saga crepusculo: Amanhecer", no Rio de Janeiro. Com o final da saga se aproximando com o último filme, o ator Taylor Lautner busca um novo alvorecer para o próximo estágio de sua carreira. 24/10/2012 REUTERS/Sergio Moraes