ESTREIA-Franquia da "Saga Crepúsculo" é encerrada com surpresas

quinta-feira, 15 de novembro de 2012 19:36 BRST
 

SÃO PAULO, 15 Nov (Reuters) - Com a sensação de dever cumprido, os atores Kristen Stewart (Bella), Robert Pattinson (Edward) e Taylor Lautner (Jacob)encerram a última parte da "Saga Crepúsculo".

Baseada na tetralogia vampiresca escrita por Stephenie Meyer, a franquia é um fenômeno, com bilhões de dólares de faturamento global, que transformou o trio em astros e, agora, deixa órfãos milhares de fãs pelo mundo.

A garota insegura e solitária que se apaixona pelo garoto bonito e misterioso da escola ficou para trás. Também é passado o triângulo amoroso entre a adolescente, o vampiro e o lobo, que despertou a libido do público em "Eclipse". Desde a primeira parte desta produção, o foco é salvar a família que foi construída.

Como se viu no penúltimo filme, "Amanhecer - parte 1", Bella quase morreu ao dar à luz a sua filha Renesmee, concebida durante a lua de mel que o casal passou no Rio de Janeiro. Como era mortal, a criança praticamente a devorou por dentro. No fim, restou a Edward apenas a chance de torná-la vampira, para desespero do jovem lobo.

Jacob, no entanto, teve o que a autora Stephenie Meyer chamou de "imprinting" por Renesmee, uma espécie de vinculação vital e amorosa que ocorre com os lobos.

Assim, logo que a vê, ainda bebê, eles têm o "imprinting", fazendo o rapaz ficar unido sentimentalmente à criança. Sorte dele a menina crescer aceleradamente, tornando-se adulta em poucos anos.

O complicador desta segunda parte, "Amanhecer - Parte 2", no entanto, mora na Itália. Os honoráveis Volturi, a realeza vampira liderada por Ado (Michael Sheen, de "Frost-Nixon"), não conhecem toda a história e pensam que o casal apenas vampirizou uma criança, prática abominada por essa sociedade. Explica-se: crianças tornadas vampiras são incontroláveis e podem expor facilmente a existência de todos.

Quando a irmã de Edward, Alice (Ashley Greene), prevê que os Volturi estão chegando para matar a todos como castigo pelo suposto crime, a família Cullen sai pelo mundo em busca de ajuda. Eles encontram pelo caminho uma série de clãs de vampiros, incluindo duas índias-vampiras brasileiras, com as quais formarão um exército para enfrentar a realeza, da qual a poderosa Jane (Dakota Fanning) faz parte.

Como o filme reserva uma surpresa para aqueles que leram o livro --e outra para quem não o leu-- o que se pode dizer aqui é apenas que o diretor Bill Condon foi vigoroso nas cenas de ação que se seguem. Nesse sentido, os fãs poderão conhecer todo o poder na nova Bella, a grande curiosidade da produção.   Continuação...

 
Atriz Kristen Stewart chega à estreia europeia de “Amanhecer”, da Saga Crepúsculo, em Londres. 14/11/2012 REUTERS/Suzanne Plunkett