Pré-estreia de "Hobbit" atrai milhares na Nova Zelândia

quarta-feira, 28 de novembro de 2012 11:43 BRST
 

Por Gyles Beckford

WELLINGTON, 28 Nov (Reuters) - Milhares de pessoas, algumas escalando postes e telhados, se aglomeraram nesta quarta-feira na capital da Nova Zelândia para tentar acompanhar a chegada de ídolos internacionais para a pré-estreia mundial do filme "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada".

A cidade de Wellington, onde vive o diretor Peter Jackson e onde foi feita grande parte da pós-produção, se rebatizou de "o Meio da Terra Média", e fãs com orelhas de hobbits, trajes medievais e chapéus de feiticeiros passaram a noite acampados no local para conseguir espaço junto aos 500 metros de tapete vermelho.

Jackson, que começou a vida como gráfico em jornais e realizou a premiada trilogia "O Senhor dos Anéis" há mais de uma década, foi ovacionado ao longo da caminhada, parando para conversar com fãs, dar autógrafos e posar para fotos.

A trilogia "Hobbit" se passa 60 anos antes da história de "O Senhor dos Anéis", mas Jackson disse que foi bom tê-la feito depois.

"Fico feliz por termos definido o estilo e aspecto da Terra Média ao adaptar ‘O Senhor dos Anéis' antes de fazermos ‘O Hobbit'", disse Jackson à Reuters no tapete vermelho.

O cineasta, grande celebridade em Wellington, disse que a produção foi "uma jornada difícil", numa alusão aos problemas financeiros do estúdio Warner Brothers e de uma posterior disputa trabalhista com sindicatos.

"O destino quis que estivéssemos aqui", disse ele a uma multidão entusiasmada, que o tratava ao mesmo tempo como um gênio do cinema e como um rapaz comum da cidade.

"Vim aqui ver os astros, mas também Peter... Adorei ‘O Senhor dos Anéis', e isso me fez querer estar aqui. Sem ele, nada disso estaria aqui", disse a estudante adolescente Samantha Cooper.   Continuação...

 
Pré-estreia de "Hobbit" contou com um tapete vermelho de 500 metros nas ruas de Wellington, na Nova Zelândia. 28/11/2012 REUTERS/Positively Wellington Tourism/Handout