Filme "Hobbit" não encanta os críticos

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 15:20 BRST
 

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES, 5 Dez (Reuters) - O aguardado filme "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada" teve uma recepção variada nas primeiras críticas recebidas, com algumas avaliações considerando o longa chato e detalhado demais e outras apontando decepcção com a tecnologia 3D utilizada.

"Uma Jornada Inesperada" é o primeiro de três filmes do premiado diretor Peter Jackson inspirados no romance "O Hobbit", de J.R.R. Tolkien, e levou mais de uma década para que vingasse.

Estima-se que "Uma Jornada Inesperada", que tem estreia mundial na semana que vem, arrecade 137 milhões de dólares no fim de semana de estreia apenas na América do Norte. Jackson transformou sua trilogia "O Senhor dos Anéis", de 2001 a 2003, em um sucesso mundial de 3 bilhões de dólares.

Com duração de três horas e nove minutos, no entanto, o primeiro filme do "Hobbit" foi considerado longo demais para o gosto de alguns críticos, de acordo com os primeiros artigos.

Leah Rozen, do site TheWrap.com, afirmou que, embora fãs dos livros "sem dúvida amarão esse filme", o longa é "ambiciosamente épico e visualmente inventivo, mas não é nem tão cativante nem estimulante como a primeira vez com ‘O Senhor dos Aneis'".

Peter DeBruge, da Variety, criticou Jackson por acrescentar um prólogo "mitologicamente denso, pesado e gerado por computador" concebido fora da narrativa original de Tolkien.

"Essa sequência desnecessária junta trechos do segundo e do terceiro filme de 'O Senhor dos Aneis', como que para garantir os fãs de que podem esperar mais do mesmo", afirmou DeBruge.