Astrônomo britânico Patrick Moore morre aos 89 anos

domingo, 9 de dezembro de 2012 16:35 BRST
 

LONDRES, 9 Dez (Reuters) - O astrônomo britânico Patrick Moore, que ajudou a mapear a Lua e inspirou gerações de observadores das estrelas em décadas de transmissões televisivas, morreu neste domingo aos 89 anos.

Moore apresentou o "The Sky at Night", programa inovador da BBC, durante mais de 50 anos, o que fez dele o apresentador que mais tempo esteve à frente de um mesmo programa na história da televisão.

Sua aparência antiquada e sua fala rápida cativaram os telespectadores e seduziram a imaginação de futuros astrônomos, que prestaram sua homenagem ao autor e apresentador prolífico.

"Patrick simplesmente se sentava diante da câmera durante um episódio inteiro... e falava sobre uma constelação, sobre as estrelas, seus nomes, sua história", declarou o astrônomo britânico David Whitehouse ao canal Sky News.

"Era fascinante, e o melhor exemplo de comunicação e de um especialista compartilhando seu entusiasmo que eu já conheci."

Entusiasta do espaço desde a mais terna infância, a carreira de Moore na TV coincidiu com o início da corrida espacial entre Rússia e Estados Unidos.

"Ele estava no ar antes mesmo de irmos ao espaço, e testemunhou uma mudança no nosso entendimento sobre o universo", afirmou à BBC a cientista espacial britânica Maggie Aderin-Pocokc.

(Reportagem de Tim Castle)