Elvis e Beatles lideram lista de autógrafos mais falsificados

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 16:09 BRST
 

Por Eric Kelsey

LOS ANGELES, 28 Dez (Reuters) - Elvis Presley e Beatles lideraram a lista de autógrafos de celebridades mais falsificados em 2012, com menos de metade de suas assinaturas postas à venda tendo recebido certificado de autênticas, informou a empresa de autenticação PSA/DNA.

O rei do rock e o quarteto britânico, que também lideraram a lista anterior, divulgada há dois anos, se uniram a figuras notáveis como o ex-presidente dos EUA, John F. Kennedy e o popstar Michael Jackson na relação dos autógrafos mais falsificados.

O astronauta norte-americano Neil Armstrong alcançou a terceira posição na lista após um aumento significativo de falsificações se sua assinatura depois de sua morte, em julho.

Um dos motivos para a rápida ascensão de Armstrong é o fato de que ele raramente dava autógrafos para os fãs, disse à Reuters o presidente da PSA/DNA, Joe Orlando.

"Armstrong era alguém que muito consciente do valor do seu autógrafo", disse Orlando. "Mesmo antes de falecer, era muito difícil ele dar... Isso realmente aumenta o nível de seu mercado."

Secretários e auxiliares que respondem a grandes volumes de cartas de fãs são um dos motivos para tantas assinaturas falsas no mercado, disse a diretora de memorabilia de entretenimento e música no Heritage Auctions em Los Angeles, Margaret Barrett.

"Não havia absolutamente nenhum ganho financeiro há 50 anos e secretárias e assistentes só queriam deixar os fãs felizes. Muitas vezes as pessoas tropeçam em uma velha caixa de fotografias assinadas, no sótão da avó, e não sabem que elas são falsas."

Barrett, cuja especialidade são os autógrafos de Marilyn Monroe, disse que os documentos oficiais, tais como contratos e cheques, são fontes confiáveis para verificar se uma assinatura é falsificada.

 
Foto de arquivo de poster autografado pelos integrantes dos Beatles é vista durante uma exibição em Buenos Aires. Elvis Presley e Beatles lideraram a lista de autógrafos de celebridades mais falsificados em 2012, com menos de metade de suas assinaturas postas à venda tendo recebido certificado de autênticas, informou a empresa de autenticação PSA/DNA. 04/10/2010 REUTERS/Enrique Marcarian