Com Putin, ator francês Depardieu critica oposição

domingo, 13 de janeiro de 2013 18:12 BRST
 

MOSCOU, 13 Jan (Reuters) - O ator francês Gerard Depardieu, que recentemente recebeu a cidadania russa pelo presidente do país, Vladimir Putin, elogiou o ex-espião da KGB e disse que seus adversários políticos não oferecem nenhuma alternativa real.

Depardieu, que tem sido acusado na França de abandonar sua terra natal para evitar o imposto de 75 por cento para milionários, disse à TV estatal Rossiya-24 que Putin personifica o caráter complexo e fascinante da Rússia.

"Eu gosto muito deste homem, ele é um ativista político muito forte. Ele tem sabedoria política", disse a estrela de 63 anos de idade, que fez "Cyrano de Bergerac" e "Cartão Verde", em comentários transmitidos na noite de domingo, de acordo com tradução russa do canal.

Depardieu, que também deve ir ao tribunal para responder às acusações de bater sua moto em Paris, com mais de três vezes o limite de álcool permitido no sangue, disse que Putin admitiu a gostar de sua "essência hooligan" quando os dois se encontraram no resort russo de Sochi, na semana passada.

(Reportagem de Gabriela Baczynska)