"Argo" supera favorito "Lincoln" no Globo de Ouro

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 09:57 BRST
 

Por Jill Serjeant

BEVERLY HILLS, 14 Jan (Reuters) - "Argo", drama sobre reféns norte-americanos no Irã, recebeu no domingo os cobiçados prêmios de melhor filme dramático e melhor direção, para Ben Affleck, no Globo de Ouro, desbancando o favorito "Lincoln", que ficou com apenas um troféu.

"Os Miseráveis" recebeu o prêmio de melhor comédia ou musical, além de prêmios de atuação para Hugh Jackman e Anne Hathaway.

Foi, sob vários aspectos, uma cerimônia cheia de surpresas para a entrega de um dos principais prêmios de Hollywood, que fica atrás apenas do Oscar. A atriz Jody Foster assumiu publicamente sua homossexualidade pela primeira vez, e o ex-presidente Bill Clinton compareceu à festa.

Mas o grande assunto foi a derrota de "Lincoln", drama histórico do cineasta Steven Spielberg, que tinha sete indicações.

Ben Affleck, estreante na direção, foi preterido nessa categoria nas indicações ao Oscar, anunciadas na quinta-feira. Mas "Argo" está na disputa pelo prêmio de melhor filme da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O Oscar será entregue em 24 de fevereiro.

"Argo" combina uma sátira a Hollywood com a história real do resgate de diplomatas dos EUA retidos em Teerã depois da Revolução Islâmica de 1979, sob a justificativa da realização de um filme.

George Clooney, produtor de "Argo", disse a jornalistas no domingo que ficou decepcionado com a exclusão de Affleck da disputa pelo Oscar de direção. "Acho que ele fez um trabalho fenomenal com o filme. Senti que ele deveria ser indicado, mas não dá para entender o que acontece na Academia, e ele ainda foi indicado a melhor filme... É frustrante, mas ainda estamos no páreo", disse Clooney.

O ator britânico Daniel Day-Lewis, que interpreta Abraham Lincoln, ganhou o único Globo de Ouro para "Lincoln", que concorre a 12 Oscars.   Continuação...

 
Dirigido por Ben Affleck, "Argo" conta a história do resgate de diplomatas norte-americanos no Irã durante a Revolução Islâmica. Filme venceu nas categorias de melhor drama e melhor direção. 13/01/2013. REUTERS/Lucy Nicholson