Cocriador de "Homeland" diz que série poderá continuar por anos

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 15:49 BRST
 

JERUSALÉM, 14 Jan (Reuters) - A série de TV "Homeland", um thriller psicológico baseado no pós 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos que coleciona prêmios, entre eles o Globo de Ouro no último domingo, pode continuar no ar por anos, disse um dos criadores israelenses do programa.

Agora com duas temporadas, "Homeland" ganhou o Globo de Ouro como melhor drama, além dos prêmios para o ator Damian Lewis, que interpreta um veterano da guerra do Iraque convertido pela Al Qaeda, e para a atriz Clara Daines, por seu papel como uma agente bipolar da CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos.

Gideon Raff, cuja série de TV israelense "Hatufim" inspirou "Homeland" e que é roteirista do seriado norte-americano, disse que o personagem interpretado por Danes pode gerar diversas novas temporadas.

"Sei do fato de que 'Homeland' tem no seu centro uma analista da CIA e seu chefe, o que pode permitir que a série continue por muitos mais anos. É sempre possível trocar de caso quando um caso terminar", disse Raff, direto de Los Angeles, numa entrevista à Rádio do Exército de Israel nesta segunda-feira.

"Enquanto de alguma forma mantivermos nosso dedo sentindo o pulso do espírito de momento na América, em termos do que interessa à audiência, acho que estaremos bem."