"American Idol" volta ao ar nos EUA com rixas, fama e fortuna

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 16:42 BRST
 

LOS ANGELES, 16 Jan (Reuters) - O "American Idol" volta ao ar nesta quarta-feira com a promessa irresistível de fama, fortuna e rixas, e isso apenas entre os jurados contratados para descobrir a nova sensação da música pop.

A cantora Mariah Carey, a rapper Nicki Minaj e o cantor country Keith Urban vão estrear como jurados quando a competição começar sua 12a temporada na Fox.

"Todos os três jurados são eminentemente qualificados. É um bom espectro em termos de abraçar o hip-hop, o country e o pop", disse a blogger Melinda Newman do HitFix.com.

"O que todo mundo vai estar de olho, infelizmente, é em como Mariah e Nicki Minaj vão se dar, em vez de prestar atenção nos concorrentes", ela disse.

Mariah, com mais de 200 milhões de álbuns vendidos, a franca Nicki, uma das vozes mais excitantes no rap, e Urban devem reviver o interesse na disputa. No ano passado, a média do público ficou abaixo de 20 milhões, e "Idol" perdeu sua coroa de oito anos como o programa mais visto na televisão dos Estados Unidos para o "Sunday Night Football" da NBC.

Os três recém-chegados substituem os jurados Jennifer Lopez e o vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, que saíram no ano passado depois de duas temporadas.

O novo júri, que é completado pelo produtor veterano Randy Jackson, não saiu barato. Foi relatado que Mariah está ganhando cerca de 18 milhões de dólares por temporada, Nicki cerca de 12 milhões, e Urban, 8 milhões.

Mas observadores do setor dizem que "Idol" precisa de nomes importantes para atrair público em uma época de competição acirrada de shows de talento como "The Voice", "The X Factor" e "America's Got Talent".

A nova temporada de "Idol" também fez manchetes em setembro, quando um vídeo de Mariah e Nicki brigando durante as audições preliminares foi vazado na internet.   Continuação...