Com Armstrong, Oprah espera alavancar audiência fixa de OWN

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 11:36 BRST
 

Por Liana B. Baker

17 Jan (Reuters) - Milhões de pessoas devem assistir a partir de quinta-feira à entrevista em que o ex-ciclista Lance Armstrong confessa o uso de doping, levando o canal OWN, criado pela apresentadora Oprah Winfrey, à maior audiência da sua história.

Mas o desafio da emissora será transformar esse público em espectadores regulares do canal que estreou há dois anos sob grande expectativa, mas nunca decolou.

"Como a maior parte dos EUA, estou realmente dividido entre querer ver Lance confessar e nunca querer assistir ao OWN", resumiu o comediante Michael Ian Black pelo Twitter.

A repercussão da entrevista, que será dividida em duas partes, faz desse um evento midiático semelhante ao Oscar ou ao Super Bowl (final do campeonato de futebol americano). Mas o OWN precisa fidelizar parte desse público para conseguir aumentar os valores que cobra de anunciantes e operadoras de TV paga.

"Sustentar o interesse de forma consistente é o problema", disse Steve Ridge, da consultoria de TV Magid and Associates. "É como a CNN obter grandes números durante um grande desastre, ou o Weather Channel ter forte audiência durante grandes eventos climáticos. Os picos rapidamente se transformam em vales, com centenas de canais a cabo para (o espectador) escolher."

Erik Logan, presidente da emissora, disse que o OWN vai aproveitar a entrevista para divulgar novos programas, como a edição de domingo de "Oprah's Next Chapter", em que Oprah entrevista a atriz Drew Barrymore, e "Our America with Lisa Ling", uma série documental que estreia na terça-feira.

Mas o desafio do OWN aumenta pelo fato de que, apesar de ser um canal voltado para o público feminino, a audiência da entrevista com Armstrong será em grande parte masculina. Ou seja: os espectadores serão principalmente fãs do ciclista, e não de Oprah ou do OWN.

Logan admite que os efeitos de longo prazo da entrevista vão demorar a serem conhecidos, mas acrescentou que "certamente será positivo para nós".

"É uma grande oportunidade para a rede", afirmou. "Vamos divulgar a programação e tirar proveito disso enquanto temos a entrevista."

(Reportagem adicional de Lisa Richwine em Los Angeles)

 
Apresentadora norte-americana Oprah Winfrey é vista durante palestra na Ball State University em Muncie, nos EUA. Milhões de pessoas devem assistir a partir de quinta-feira à entrevista em que o ex-ciclista Lance Armstrong confessa o uso de doping, levando o canal OWN, criado por Oprah Winfrey, à maior audiência da sua história. 26/11/2012 REUTERS/Chris Bergin