Ben Affleck leva prêmio do Sindicado dos Diretores por "Argo"

domingo, 3 de fevereiro de 2013 10:58 BRST
 

LOS ANGELES, 3 Fev (Reuters) - O ator e diretor Ben Affleck ganhou o prêmio principal do Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos (Directors Guild of America, ou DGA, em inglês) no sábado pelo filme "Argo", consolidando o drama sobre reféns no Irã como um dos filmes favoritos ao Oscar, em 24 de fevereiro.

O reconhecimento dos diretores de Hollywood pelo trabalho de direção de Affleck em "Argo" é um resultado constrangedor para a Academia, que não indicou Affleck para concorrer ao Oscar de Melhor Diretor.

Desde 1948, somente em seis oportunidades o diretor vencedor do DGA não levou também o Oscar.

"Eu tenho o maior respeito pela Academia... Você não tem o direito garantido de ganhar algo", disse Affleck depois de receber o prêmio. Affleck também levou o Globo de Ouro de Melhor Diretor.

No final de semana passado, "Argo" também ganhou os prêmios dos sindicatos dos Produtores e dos Atores. Os membros dos sindicatos costumam ser também os integrantes da Academia.

No sábado, Affleck superou quatro diretores que já haviam vencido o DGA e, na sequência, levado o Oscar.

Um deles foi Steven Spielberg, nomeado pela 11a vez para o DGA por "Lincoln". Ele venceu em 1994 com "A Lista de Schindler" e em 1999 com "O Resgate do Soldado Ryan".

"Que ano incrível para filmes", afirmou Spielberg. "Talvez em alguns momentos eu tenha desejado que não tivesse sido um ano tão incrível."

Affleck também derrotou Kathryn Bigelow, indicada por "A Hora Mais Escura", filme sobre a caçada a Bin Laden; Ang Lee, pela adaptação em 3D de "A Vida de Pi"; e Tom Hooper, do musical "Os Miseráveis".   Continuação...