Noite do Oscar terá algo para todo mundo, dizem produtores

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 13:37 BRST
 

Por Jill Serjeant

BEVERLY HILLS, 5 Fev (Reuters) - Com a presença da atriz de 9 anos Quvenzhane Wallis, e a promessa de que noite do Oscar terá algo para todos, os prêmios da Academia engrenaram em alta velocidade na segunda-feira, numa recepção para mais de 160 indicados.

Jennifer Lawrence, Steven Spielberg, Jessica Chastain, Naomi Watts, Joaquin Phoenix, Kathryn Bigleow, Anne Hathaway e Denzel Washington estavam entre os atores, diretores e produtores indicados ao Oscar que participaram do coquetel em um hotel de Beverly Hills, antes de se reunirem para a tradicional foto de grupo da classe de 2012 do Oscar.

A novata Wallis, de "Indomável Sonhadora", a atriz mais jovem a ser nomeado na principal categoria de melhor atriz, bateu as mãos com o presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Hawk Koch, quando seu nome foi chamado para se juntar aos seus pares para a foto anual antes da cerimônia de 24 de fevereiro.

O produtor-diretor de "Argo", Ben Affleck, que está em alta depois de seu suspense sobre reféns no Irã levar o seu terceiro grande prêmio no fim de semana, não se importou por ter sido ignorado na lista de finalistas para Oscar de melhor diretor.

Craig Zadan e Neil Meron --que estarão produzindo as três horas de cerimônia do Oscar pela primeira vez-- disse que apresentações de Barbra Streisand, Adele e Norah Jones, juntamente com homenagens especiais aos musicais de Hollywood e aos 50 anos dos filmes de James Bond, devem dar amplo apelo à cerimônia.

"Tem sido um grande ano para os filmes. Os filmes estão muito competitivos e foram muito bem nas bilheterias. Então, nós sentimos que há mais interesse este ano do que, talvez, em anos anteriores", disse Zadan.

"As Aventuras de Pi", "Lincoln", "Argo", e "Django Livre" fizeram mais de 150 milhões de dólares cada até agora apenas nas bilheterias da América do Norte, enquanto "O Lado Bom da Vida" e "A Hora Mais Escura" arrecadaram mais de 70 milhões dólares cada.

Zadan e Meron lembraram aos candidatos que a cerimônia do Oscar foi visto por cerca de um bilhão de pessoas em mais de 200 países, e lhes pediu para manter seus discursos de aceitação de curto e doces.

"Por favor, falem com o coração e não a partir de um pedaço de papel", disse Zadan aos indicados. "Seja lembrado por eloquência e paixão."

O Oscar será apresentado pela primeira vez pelo provocativo criador de "Family Guy" Seth MacFarlane.

 
Presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Hawk Koch, e diretor Ben Affleck, cujo filme “Argo” está indicado como melhor filme, no tradicional almoço para indicados ao Oscar em Beverly Hills. 04/02/2013 REUTERS/Mario Anzuoni