8 de Fevereiro de 2013 / às 15:08 / 5 anos atrás

Day-Lewis é maior aposta britânica no principal prêmio de cinema da Grã-Bretanha

Daniel Day-Lewis aceita prêmio de melhor ator protagonista pelo filme “Lincoln” no Screen Actors Guild Awards, em Los Angeles. 27/01/2013 REUTERS/Lucy Nicholson

Por Estelle Shirbon

LONDRES, 8 Fev (Reuters) - Os talentos britânicos vão sentir a pressão na premiação do Bafta, no domingo, com a expectativa de que Daniel Day-Lewis ganhe o prêmio de melhor ator por seu papel em “Lincoln” e filmes britânicos tão diversos como “Les Misérables” e “Skyfall” disputando uma variedade de troféus.

Mas pode haver forte concorrência do filme “Argo” na principal cerimônia de premiação da Grã-Bretanha, drama dirigido por Ben Affleck sobre o resgate de reféns norte-americanos no Irã em 1979, que acabou derrotando Lincoln em uma série de prêmios de prestígio dos EUA.

Argo tem sete indicações ao Bafta, incluindo de melhor filme. Os outros candidatos ao principal prêmio são “Lincoln”, “Les Misérables”, “As Aventuras de Pi” e “A Hora mais Escura”.

A cinebiografia de Steven Spielberg do presidente dos EUA Abraham Lincoln lidera com 10 indicações, mas uma grande vitória de estatuetas pode ser uma conclusão precipitada. O filme teve um resultado decepcionante no Globo de Ouro, ganhando apenas um prêmio de sete indicações.

O britânico Day-Lewis, aclamado no ano passado como “o maior ator do mundo” na primeira página da revista Time, parece ser uma aposta segura para o Bafta de melhor ator, depois de ganhar uma série de prêmios nos EUA por sua interpretação de Lincoln. Day-Lewis foi indicado para o que seria seu terceiro Oscar de melhor ator em sua carreira.

A empresa de apostas William Hill confirmou Day-Lewis como o favorito na disputa de melhor ator com chances de 1-25, mas na categoria de melhor filme “Argo” estava na frente com chances de 1-4, à frente de “Lincoln”, com 9-2 de chances.

O filme visualmente cativante de Ang Lee, “As Aventuras de Pi”, tem fortes chances de brilhar, com nove indicações ao Bafta, incluindo de melhor diretor para o eclético veterano de Taiwan.

“Les Misérables”, a versão cinematográfica do musical de sucesso mundial , também tem nove indicações ao Bafta, incluindo melhor atriz coadjuvante para Anne Hathaway, que tem sido muito elogiada por seu retrato pungente da heroína trágica Fantine.

O mais recente filme de James Bond, “Skyfall”, está indicado em oito categorias, incluindo melhor atriz coadjuvante por Judi Dench, a espiã M, e melhor ator coadjuvante para o ator espanhol Javier Bardem, como o assustador vilão Silva.

O brutal faroeste de Quentin Tarantino sobre a escravidão “Django Livre” e “A Hora Mais Escura”, de Kathryn Bigelow, têm cinco indicações cada.

A atriz francesa Emanuelle Riva, 85, foi indicada ao Bafta de melhor atriz por seu papel em “Amor”. Suas rivais para o prêmio são Helen Mirren em “Hitchcock”, Jennifer Lawrence em “O Lado Bom da Vida”, Jessica Chastain em “A Hora mais Escura” e Marion Cotillard em “Rust and Bone”.

Os competidores na categoria de melhor ator são Day-Lewis, Affleck (“Argo”), Bradley Cooper (“O Lado Bom da Vida”), Hugh Jackman (“Les Misérables”) e Joaquin Phoenix (“O Mestre”).

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below