Carnaval do Rio atrai 900 mil turistas e cogita mudanças

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 17:10 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 15 Fev (Reuters) - O Carnaval de 2013 no Rio de Janeiro atraiu cerca de 900 mil turistas e movimentou 1,3 bilhão de reais, informaram nesta sexta-feira autoridades fluminenses, que identificaram problemas e prometem mudanças para a festa do ano que vem.

Um estudo encomendado pelo governo do Estado apontou que o Carnaval deste ano registrou 50 mil turistas a mais que em 2012 e, ao todo, foram para o Rio aproximadamente 900 mil pessoas. O ganho ante o Carnaval do ano passado foi de 5,8 por cento.

"Esse crescimento na visitação em um ano de recessão na Europa demonstra a consolidação do Carnaval como um evento internacional", disse o assessor da secretaria de Desenvolvimento Econômico e autor do estudo, Luiz Carlos Prestes Filho.

O levantamento mostrou que esses turistas, nacionais e estrangeiros, movimentaram no Rio 665 milhões de dólares, o equivalente a pouco mais de 1,3 bilhão de reais.

O autor do estudo estima que 70 por cento dos turistas vieram de fora do Brasil e foram responsáveis pela maior parte do dinheiro movimentado no Carnaval. Deste montante injetado na economia fluminense, 32 por cento foram gastos com transporte, 29 por cento com alimentação e bebidas, 18 por cento com compra de fantasias e 10 por cento com hotelaria.

Os hotéis da cidade operaram perto da capacidade máxima durante o Carnaval, segundo a Associação da Industria de Hotéis (ABIH-RJ).

Mas o Carnaval não foi só festa no Rio. Um outro levantamento, feito pela fundação Cesgranrio, revelou que os turistas que visitaram a cidade ficaram insatisfeitos com o serviço de táxi, custos na cidade e com a sujeira.

"É preciso evitar distorções nos preços ainda mais que vamos sediar eventos como Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas", disse o presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes.

A sujeira foi um problema evidente do Carnaval do Rio, e a Comlurb, empresa de limpeza urbana do Rio de janeiro, bateu recorde no recolhimento de lixo. Foram 770 toneladas, quase 20 por cento a mais que em 2012.   Continuação...