February 20, 2013 / 1:52 PM / in 4 years

Termina votação para o Oscar após campanha intensa dos estúdios

3 Min, DE LEITURA

Atriz Anne Hathaway posa em evento de indicados do 85o Oscar em Beverly Hills, EUA. Terminou na terça-feira à noite a votação para o Oscar 2013, após uma campanha milionária feita pelos estúdios de Hollywood em busca da principal consagração do cinema mundial. 04/02/2013Mario Anzuoni

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES, 20 Fev (Reuters) - Terminou na terça-feira à noite a votação para o Oscar 2013, após uma campanha milionária feita pelos estúdios de Hollywood em busca da principal consagração do cinema mundial.

Pela primeira vez em 85 anos na história da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a votação ocorreu pela internet. Os prêmios serão entregues no próximo domingo.

Mais de 5.800 profissionais do setor puderam votar a partir de 8 de fevereiro nas 24 categorias. O prazo para isso se encerrou às 17h de terça-feira de Los Angeles (22h em Brasília).

Os resultados serão tabulados em um local secreto por auditores da PricewaterhouseCoopers, que entregam os envelopes com os nomes dos ganhadores já nos bastidores da cerimônia de premiação.

Analistas veem uma disputa acirrada pelos prêmios de melhor filme, diretor, atriz e ator coadjuvante, e isso levou os estúdios a bombardearem jornais, rádios, publicações setoriais e canais de TV com promoções para os seus indicados.

O jornal Los Angeles Times calculou que a Warner, responsável por "Argo", e a Disney, distribuidora de "Lincoln", tenham gasto cerca de 10 milhões de dólares cada um nas suas campanhas para o Oscar das últimas semanas. Os dois filmes disputam o principal Oscar, o de melhor filme.

A PricewaterhouseCoopers diz que nunca houve uma violação de resultados em 79 anos de colaboração da firma com Hollywood. Mas neste ano a apuração enfrentava outro desafio -- a adoção da votação via internet, paralela à tradicional opção das cédulas em papel remetidas pelo correio por membros da Academia espalhados pelo mundo.

"É um sistema muito robusto, com várias características de segurança", disse à Reuters Rick Rosas, da Price, que participa da apuração do Oscar desde 2001.

Ele disse que mais de metade dos membros da Academia votou pela internet.

Quando o sistema foi colocado no ar, em dezembro, para a definição dos indicados, alguns membros da academia --a maioria com mais de 50 anos-- reclamaram. Vários deles disseram ter problemas com senhas e nomes de usuário, e a votação para as indicações ao Oscar acabaram sendo prorrogadas em 24 horas.

A Academia disse, no entanto, que a participação na votação foi expressiva.

A adoção do voto eletrônico foi concebida para acelerar o processo, especialmente para eleitores que trabalham ou vivem fora dos EUA.

O drama histórico "Lincoln", de Steven Spielberg, é o filme com mais indicações para a cerimônia de domingo -- 12, incluindo de melhor filme. "A Vida de Pi" tem 11 indicações; o musical "Os Miseráveis" e a comédia "O Lado Bom da Vida" ficaram com oito, enquanto o drama político "Argo" concorre em sete categorias.

Reportagem adicional de Ron Grover

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below