"Argo" domina o Oscar em noite de surpresas

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013 09:33 BRT
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES, 25 Fev (Reuters) - "Argo" conquistou o Oscar de melhor filme, em uma noite de domingo marcada por surpresas, que teve frustrações para o favorito "Lincoln" e quatro troféus, maior número desta edição, para "As Aventuras de Pi".

É a primeira vez desde "Conduzindo Miss Daisy", em 1990, que um filme leva o prêmio principal sem ter a indicação também a melhor diretor.

O Oscar dado a "Argo", drama sofre reféns norte-americanos no Irã, marcou um retorno triunfal de Ben Affleck aos grandes nomes de Hollywood.

Há seis semanas, o ator foi preterido na lista de candidatos a melhor diretor, e durante anos ele lutou para reconstruir sua reputação após ser ridicularizado por incidentes no seu namoro com Jennifer Lopez, entre 2002 e 2004.

"Argo" levou também os prêmios de melhor montagem e melhor roteiro adaptado, por sua narrativa cativante e às vezes cômica acerca dos esforços da CIA para resgatar seis diplomatas em Teerã, meses depois da Revolução Islâmica de 1979.

"Tanta gente maravilhosa me estendeu sua ajuda quando não tinha nada a se beneficiar com isso... não se pode guardar rancor. É difícil, mas não se pode guardar rancor. Não importa o quanto você seja derrubado na vida, porque acontece. Só importa que você se levante", disse Affleck, de 40 anos, também produtor do filme, num emotivo discurso.

Ang Lee foi o surpreendente vencedor do prêmio de direção, derrotando com o seu "As Aventuras de Pi" o respeitado Steven Spielberg, cujo "Lincoln" venceu em apenas 2 das 12 categorias nas quais concorria.

"As Aventuras de Pi", sobre um jovem náufrago, levou ainda os prêmios de trilha sonora original, efeitos visuais e fotografia.   Continuação...

 
Produtores do filme vencedor do Oscar “Argo” George Clooney (D), Grant Heslov e Ben Afleck (C) posam com estatuetas na 85ª cerimônia do Oscar, em Hollywood. 24/02/2013 REUTERS/ Mike Blake