Lindsay Lohan tem "epifania" e considera dar palestras inspiradoras

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 21:47 BRT
 

LOS ANGELES, 27 Fev (Reuters) - A problemática atriz Lindsay Lohan teve uma "epifania", disse o advogado dela nesta quarta-feira, depois de quase seis anos de repetidas idas para a cadeia, reabilitação, aconselhamento e tribunais.

A atriz de "Meninas Malvadas" começou uma nova rodada de psicoterapia e pretende dar palestras de inspiração para crianças em escolas e animar jovens em hospitais, disse Mark Heller ao E! News.

Heller falou antes de uma pré-audiência em Los Angeles em que Lohan, de 26 anos, se declarou inocente das acusações de condução imprudente e de mentir para a polícia quando disse que não estava dirigindo um carro que bateu contra um caminhão em junho de 2012.

Lohan corre o risco de ser mandada para a prisão porque ainda está em liberdade condicional após uma série de problemas legais, que começaram com a prisão por dirigir embriagada e posse de cocaína em 2007. Ela deve ser julgada pelas acusações relacionadas à colisão em 18 de março.

Heller disse que Lohan ficou traumatizada com os acontecimentos dos últimos anos.

"Ser presa novamente e encarar uma volta à prisão a fez ter uma epifania. Às vezes, o efeito cumulativo de tudo em sua vida transparece e você tem uma percepção e uma clareza que as coisas têm que mudar", disse ele ao site de notícias de celebridades.

Heller contou que estava tentando anular as acusações referentes ao acidente de carro, ou retardar processos judiciais enquanto Lohan faz outra tentativa de colocar sua vida de volta nos trilhos.

"As coisas que estamos considerando incluem ir num ambiente hospitalar e trabalhar com jovens e tentar animá-los e encorajá-los a ter confiança de que a sua saúde vai melhorar e ter esperança", Heller disse ao E! News.

"E ir às escolas e fazer discursos inspiradores e incentivar os jovens a fazer as escolhas certas", acrescentou.   Continuação...