4 de Março de 2013 / às 16:53 / 5 anos atrás

Mineiros australianos são demitidos por "Harlem Shake" subterrâneo

SYDNEY, 4 Mar (Reuters) - Uma empresa de serviços de mineração australiana demitiu 15 trabalhadores que fizeram uma performance subterrânea do “Harlem Shake” e colocaram na internet, em um segundo incidente envolvendo a dança que virou mania entre internautas e gerou preocupações de segurança.

Os trabalhadores faziam parte de uma equipe da madrugada que trabalhava na mina Agnew ,a Austrália Ocidental, de propriedade da sul-africana Gold Fields. Os trabalhadores foram contratados pela Barminco, uma empresa australiana de serviços subterrâneos.

O vídeo de 30 segundos postado no YouTube mostra um grupo de mineiros, alguns usando ferramentas e sem camisa, realizando o Harlem Shake, que normalmente começa com uma única pessoa dançando e rapidamente os outros acompanham, muitas vezes fantasiados ou com adereços.

A Barminco, com sede em Perth, não pôde ser encontrada para comentar.

Um carta de demissão enviada aos trabalhadores, e obtida pelo jornal local West Australian, disse que a performance violou “os valores fundamentais de integridade, segurança e excelência” da empresa.

Mas um porta-voz da Gold Fields disse que a decisão de demitir os trabalhadores foi tomada pela Barminco depois que o vídeo foi postado no YouTube na semana passada.

“A mineração subterrânea tem rigorosos padrões de segurança, pois há acidentes e mortes. A gerência da Barminco viu isso como uma violação das normas”, disse o porta-voz Sven Lunsche nesta segunda-feira.

Em outro caso envolvendo a mesma música, a Administração Federal de Aviação dos EUA disse que estava avaliando uma performance no ar realizada por um grupo de estudantes universitários no corredor de um voo lotado, devido a preocupações de segurança.

A Frontier Airlines defendeu sua decisão de permitir a dança no voo de Colorado Springs para San Diego, dizendo que as medidas de segurança foram seguidas e o sinal do cinto de segurança estava desligado.

As demissões na Austrália provocaram um debate online com uma página do Facebook criada para pedir a reintegração dos “mineiros do Harlem Shake de WA demitidos”.

Os trabalhadores disseram ao West Australian que não estavam colocando em risco a segurança, apontando que os capacetes foram usados o tempo todo.

O Harlem Shake é uma música eletrônica criada pelo DJ norte-americano Baauer (Harry Rodrigues) que foi lançada no ano passado pela gravadora Mad Decent.

A música se transformou em febre no YouTube depois que um grupo de adolescentes da Austrália postou um vídeo de sua versão da dança, que foi replicada rapidamente na web, com mais de 4.000 variações de vídeos de Harlem Shake enviados diariamente.

A mania levou a canção ao topo das paradas do iTunes nos EUA e em terceiro na parada Austrália iTunes.

Reportagem de James Regan e Elaine Lies

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below