Leilões de arte asiática da Christie's e Sotheby's superam estimativas

segunda-feira, 25 de março de 2013 13:54 BRT
 

Por Chris Michaud

NOVA YORK, 25 Mar (Reuters) - Uma semana de leilões de arte asiática superou as expectativas, com a venda pela Christie's e a Sotheby's de mais de 130 milhões de dólares em arte contemporânea e chinesa, bronzes raros, móveis e antiguidades em suas semanas semianuais de vendas de peças da Ásia.

Os quatro dias de leilões na semana passada tinham uma estimativa de vendas entre 75 milhões e 105 milhões de dólares, mas lances competitivos em várias peças impulsionaram os preços em muitas vezes acima das estimativas pré-venda.

A Christie's liderou com pouco mais de 80 milhões de dólares, cerca de 50 por cento acima de sua estimativa pré-venda. O total da Sotheby's foi de 52,4 milhões de dólares.

Os fortes resultados dos leilões seguiram uma reportagem recente que mostrou que os gastos com arte por colecionadores chineses caíram 24 por cento no ano passado por causa da desaceleração do crescimento econômico e da falta de obras de qualidade superior. No leilão de Nova York, no entanto, as vendas chinesas estão entre os resultados mais fortes da semana.

Na Christie's, um vaso do século 18 em forma de pêra amarelo e azul, com estimativa de venda por cerca de 400.000 dólares, foi arrematado por quase 10 vezes esse valor, 3,8 milhões de dólares. Um par de figuras de bodhisattvas em bronze da Dinastia Ming, com estimativa de 25.000 dólares, foi vendido por 1,2 milhão de dólares.

Os dois leilões de arte chinesa da Sotheby's arrecadaram um total de 41,3 milhões de dólares, acima da previsão mais otimista, de 32 milhões de dólares.

Uma obra do século 17, "Stream-Laced Mountain After Snow", de Tang Dai, foi vendida por 2,74 milhões de dólares, mais de cinco vezes a estimativa pré-venda.