Adaptação de livro premiado sobre autista recebe 8 indicações a prêmio Olivier

terça-feira, 26 de março de 2013 13:37 BRT
 

LONDRES, 26 Mar (Reuters) - A adaptação teatral de um livro sobre um menino com autismo é o favorito para a premiação mais importantes do teatro britânico, com oito indicações ao prêmio Olivier, enquanto a atriz Helen Mirren foi indicada pela nova atuação como a rainha Elizabeth.

"The Curious Incident Of The Dog In The Night-Time", peça baseada no premiado livro de 2003 de mesmo título de Mark Haddon, estreou no Teatro Nacional de Londres em 2012 e foi transferido para o distrito teatral londrino de West End este ano.

Os organizadores da premiação disseram que as indicações incluíram de Melhor Peça Nova, Melhor Direção, Melhor Ator, para Luke Treadaway, Melhor Atriz Coadjuvante, além de Melhor Iluminação, Som e Cenografia, e Melhor Coreógrafo de Teatro.

O novo musical "Top Hat", baseado no filme estrelado por Fred Astaire e Ginger Rogers, recebeu o segundo maior número de indicações, em sete categorias.

O musical "Sweeney Todd", sobre o barbeiro demoníaco da Rua Fleet, recebeu seis indicações, enquanto "The Audience", estrelado por Helen Mirren como a rainha e o musical "Kiss Me, Kate" receberam cinco indicações cada.

Mirren, de 67 anos, foi nomeada para Melhor Atriz pela nova interpretaçã da rainha Elizabeth 2ª. Ela ganhou um Oscar de Melhor Atriz em 2007 por sua atuação no filme "A Rainha".

Ela concorre com outra atriz britânica de renome, Kristin Scott Thomas, de 52 anos, por seu papel em "Old Times". Também disputam o prêmio principal feminino a cantora que virou atriz Billy Piper, em "The Effect", e Hattie Morahan em "A Doll's House".

Rupert Everett foi indicado para Melhor Ator por "The Judas Kiss", competindo ao lado de James McAvoy, de "Macbeth", Mark Rylance, de "Twelfth Night", Rafe Spall por "Constellations", e Treadaway.

Os teatros de Londres desfrutaram em 2012 do nono ano consecutivo de recorde de bilheteria, com arrecadação de 530 milhões de libras (830 milhões de dólares) no ano passado, um leve aumento sobre 2011.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)