Madonna vende pintura abstrata para financiar educação de meninas

quarta-feira, 3 de abril de 2013 15:06 BRT
 

LONDRES, 3 Abr (Reuters) - Madonna está vendendo uma pintura abstrata do artista francês Fernand Léger no valor de 7 milhões de dólares, dizendo que quer negociar algo de valor por algo inestimável - arte por educação.

A cantora disse que estava vendendo a pintura "Trois Femmes a la table rouge" para levantar fundos para projetos educacionais para meninas no Afeganistão, Paquistão e em outros países onde a educação feminina é rara ou inexistente.

Isso aconteceu quando Madonna está no Malaui, no sul da África, lar de seus dois filhos adotados, onde seus planos de construir 10 escolas provocaram polêmica devido aos custos e má gestão e um projeto para uma escola para 400 meninas desmoronou no ano passado.

Madonna, de 54 anos, disse que vender a pintura de 1921, que ela comprou em um leilão em 1990, combina suas paixões pela arte e educação ao levantar fundos para a Fundação Raio de Luz.

"Não posso aceitar um mundo onde mulheres ou meninas são feridas, baleadas ou mortas por irem à escola ou por ensinarem em escolas de meninas. Não temos tempo de ser complacentes", disse Madonna em um comunicado.

"Quero negociar algo valioso por algo inestimável - Educar Meninas!"

A pintura será leiloada pela Sotheby's em Nova York durante uma venda de Arte Moderna e Impressionista em 7 de maio.

Madonna não é a única estrela que busca assumir um papel no incentivo à educação de meninas em países em desenvolvimento.

No início dessa semana, a atriz Angelina Jolie abriu uma escola para meninas no Afeganistão e anunciou planos de fundar mais vendendo uma linha de joias.

A apresentadora Oprah Winfrey também esteve envolvida na construção de uma escola na África do Sul, embora esse projeto tenha tido problemas com um integrante da escola preso sob acusações de assédio a abuso de estudantes.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)