Beyoncé e Jay Z agitam Havana no seu aniversário de casamento

sexta-feira, 5 de abril de 2013 20:01 BRT
 

Por Jeff Franks

HAVANA, 5 Abr (Reuters) - Os cantores norte-americanos Beyoncé e Jay Z celebraram nesta semana o seu quinto aniversário de casamento, passeando de mãos dadas por Havana e sendo assediados por multidões.

Eles comeram em alguns dos melhores restaurantes da cidade, dançaram música cubana, caminharam pelo bairro antigo de Havana e posaram para fotos com admirados cubanos, que reconheceram os astros norte-americanos apesar do meio século de conflito ideológico que separa os EUA de Cuba.

Vários outros artistas dos EUA - como os atores Bill Murray, Sean Penn e James Caan - visitaram Cuba nos últimos anos, mas sem causar a mesma comoção.

Fãs na rua gritavam o nome de Beyoncé quando ela almoçava com o marido, a mãe e a sogra no restaurante La Guarida, famosa como locação do filme cubano "Morango e Chocolate", de 1993.

Milhares de pessoas cercaram o casal na praça principal da Habana Vieja, o que levou os seguranças a interromperem o passeio.

Na noite de quinta-feira, a polícia precisou interditar alguns quarteirões em torno do "paladar" (restaurante privado) La Fontana, onde o casal jantou.

Na sexta-feira, Beyoncé e Jay Z visitaram o famoso Instituto Superior de Arte, e, segundo o blogueiro governista Yohandry Fontana, eles almoçariam com "importantes figuras da cultura cubana".

Numa foto publicada no blog dele, Jay Z parecia o típico turista em Cuba - de bermuda, camisa de manga curta, chapéu de palha e fumando charuto. Beyoncé, manuseando uma câmera, usava minivestido estampado, óculos escuros grandes e cabelo arrumado em coque. Ela posava para uma foto com sorridentes estudantes cubanos.

O casal não quis falar à imprensa sobre a visita. Uma fonte próxima ao grupo disse que o convite partiu do ministério cubano do Turismo. Não ficou claro se eles receberam autorização do governo dos EUA para visitar a ilha, como exigem as leis norte-americanas.