Regente britânico Colin Davis morre aos 85 anos

segunda-feira, 15 de abril de 2013 17:39 BRT
 

LONDRES, 15 Abr (Reuters) - O regente britânico Colin Davis, que comandou orquestras no mundo todo, mas ficou mais conhecido por seu longo trabalho na Orquestra Sinfônica de Londres (LSO), morreu aos 85 anos.

O maestro morreu no domingo, em Londres, após uma curta enfermidade. Em nota, a LSO prestou tributo à sua "musicalidade e sua humanidade".

Internacionalmente famoso por suas interpretações de Mozart, Sibelius e Berlioz, David regeu a LSO pela primeira vez em 1959, e se tornou seu regente titular entre 1995 e 2006, após um começo difícil na sua carreira, quando ele ficou conhecido por suas explosões de raiva.

A personalidade de Davis ficaria mais branda com o passar dos anos, período em que ele trabalhou em instituições como a Royal Opera House e a Orquestra Sinfônica da BBC. Também deu aulas na Real Academia de Música e na Guildhall School.

No exterior, conduziu várias orquestras, incluindo a Sinfônica de Boston, em 1982, a Orquestra Sinfônica da Rádio da Baviera (1983-93) e a Filarmônica de Nova York (1998-2003).

(Reportagem de Belinda Goldsmith)