"Iron Man 3" volta às origens em missão para salvar EUA

terça-feira, 23 de abril de 2013 18:45 BRT
 

Por Zorianna Kit

LOS ANGELES, 23 Abr (Reuters) - Após combater vilões grandiosos e se juntar a outros super-heróis, o personagem Iron Man volta ao básico no terceiro episódio da franquia multimilionária que leva seu nome.

"Iron Man 3" estreia na sexta-feira na maior parte do mundo, e em 3 de maio nos Estados Unidos. Robert Downey Jr. encarna novamente o empresário-herói Tony Stark, como já fez nos dois "Iron Man" anteriores, e também em "Os Vingadores".

Juntos, os três filmes faturaram cerca de 2,7 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais nos últimos cinco anos.

"Iron Man 3", que segue a trama de Stark a partir das duas franquias da Marvel, gira em torno de um extremista malvado conhecido como Mandarin (Ben Kingsley), obstinado em destruir os Estados Unidos.

Quando Mandarin destrói o mundo pessoal de Stark e seu traje de super-herói, Stark precisa recomeçar do nada, refazendo seu traje, libertando a mulher amada e salvando seu país da destruição.

Muitas bombas explodem e prédios são demolidos numa trama que, segundo o elenco, reflete ameaças reais.

"Vivemos mesmo num mundo inseguro, essa é a verdade", disse Gwyneth Paltrow, que interpreta a amada de Stark, Pepper Potts, a jornalistas nesta semana. "Não acho que haja nada de errado em apresentar essa ideia. Não podemos mentir para nossos filhos e fingir que o mundo é perfeito."