Júri do Festival de Cannes terá Ang Lee e Nicole Kidman

quarta-feira, 24 de abril de 2013 12:06 BRT
 

LONDRES, 24 Abr (Reuters) - O diretor duas vezes vencedor do Oscar Ang Lee e a atriz australiana Nicole Kidman vão integrar o júri de nove membros deste ano no Festival de Cannes, na França, disseram os organizadores nesta quarta-feira.

O júri, liderado pelo três vezes vencedor do Oscar Steven Spielberg, vai decidir os prêmios a ser entregues no encerramento da mais importante vitrine anual de cinema do mundo, em 26 de maio.

O taiuanês Lee, de 58 anos, ganhou seu segundo Oscar de melhor diretor neste ano por "As Aventuras de Pi", a história de um menino indiano à deriva em um bote salva-vidas com um tigre. Ele ganhou seu primeiro Oscar em 2006 pela direção do drama cowboy gay "Brokeback Mountain".

Outro membro do júri é o ator austríaco Christoph Waltz, que ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante neste ano por seu papel em "Django Livre", enquanto Kidman, de 45 anos, ganhou um Oscar de melhor atriz por seu papel no filme de 2002 "As Horas".

"Oito personalidades internacionais do cinema de alto nível vão ajudá-lo (Spielberg) a conceder os prêmios. Estão todos engajados e ativos em várias esferas de criação", disseram os organizadores em um comunicado.

Entre os prêmios está a cobiçada Palma de Ouro de Melhor Filme na competição principal, que neste ano conta com 19 inscrições, incluindo "Behind the Candelabra", de Steven Soderbergh, "Venus in Fur", de Roman Polanski, e "Only God Forgives", estrelado por Ryan Gosling.

Também no júri do 66º Festival de Cannes estão a diretora japonesa Naomi Kawase, a atriz indiana Vidya Balan, o ator e diretor francês Daniel Auteuil, a diretora britânica Lynne Ramsay e o diretor romeno Cristian Mungiu.

(Por Belinda Goldsmith)

 
Reprodução do pôster oficial do 66o Festival de Filmes de Cannes. O diretor duas vezes vencedor do Oscar Ang Lee e a atriz australiana Nicole Kidman vão integrar o júri de nove membros deste ano no Festival, na França, disseram os organizadores nesta quarta-feira. 18/04/2013 REUTERS/Charles Platiau