Festival de Tribeca homenageia rapper Psy, sensação da Internet

sexta-feira, 26 de abril de 2013 19:40 BRT
 

NOVA YORK, 26 Abr (Reuters) - O rapper sul-coreano Psy, que se tornou mundialmente famoso com um clipe na Internet, foi um dos homenageados do Festival de Cinema de Tribeca nesta sexta-feira, junto com nomes como a coreógrafa Twyla Tharp e o polêmico apresentador Glenn Beck.

"Quem diria, né?", disse Psy ao receber o Prêmio de Inovação Perturbadora de Tribeca. "Acho que conceder esse prêmio a mim é por si só uma inovação."

Os vídeos de Psy, começando pelo hit "Gangnam Style", já tiveram mais de 1 bilhão de acesos no YouTube, e o artista disse que ainda não conseguiu se acostumar a isso, apesar de já ter mais de uma década de carreira na Coreia do Sul.

"Ainda não consigo acreditar no que está acontecendo agora. Ainda estou tentando entender a razão para acontecer desse jeito."

O Prêmio de Inovação Perturbadora é concedido a ideias que quebraram moldes e tiveram um impacto significativo.

"Na nossa quarta edição, estamos explorando a sempre crescente lacuna entre o ritmo da mudança tecnológica e a adoção e difusão culturais mais acidentadas e lentas", disse o cofundador do festival e curador-chefe do prêmio, Craig Hatkoff.

Vestindo terno preto e uma esfuziante camisa branca, Psy, conhecido por suas danças estranhas e animadas, cativou o público com seus comentários autodepreciativos e com seu inglês claudicante.

"Não quero dizer isso, é meio constrangedor, mas... talvez, eu sou bonito?", disse ele.

Com gritos e aplausos, a plateia respondeu que sim.

(Reportagem de Chris Michaud)