Angelina Jolie passa por mastectomia para evitar câncer

terça-feira, 14 de maio de 2013 16:37 BRT
 

Por Paul Casciato

LONDRES, 14 Mai (Reuters) - A atriz Angelina Jolie se submeteu a uma dupla mastectomia para reduzir os riscos de desenvolver câncer de mama e espera que seu caso inspire outras mulheres que enfrentam a doença.

Em artigo publicado nesta terça-feira no jornal The New York Times, Jolie disse que a operação lhe permite afirmar com mais certeza aos seus seis filhos que ela não irá morrer jovem por causa da doença, como aconteceu com sua própria mãe, vitimada por um câncer aos 56 anos.

"Sempre falamos da 'mamãe da mamãe', e eu me vejo tentando explicar a doença que a levou de nós. Eles perguntaram se o mesmo pode me acontecer", escreveu Jolie, de 37 anos. "Eu sempre disse a eles para não se preocuparem, mas a verdade é que carrego um gene 'defeituoso'."

A premiada atriz disse que seus médicos estimaram em 87 por cento o risco de ela desenvolver câncer de mama e em 50 por cento o risco de câncer de ovário.

"Quando soube que essa era a minha realidade, decidi ser proativa e minimizar o risco o tanto quanto eu pudesse. Tomei a decisão de fazer uma dupla mastectomia preventiva", afirmou.

Seu companheiro, o também ator Brad Pitt, ficou ao lado de Jolie durante os três meses de tratamento, encerrados no fim de abril, disse ela. O casal ficou noivo no ano passado.

"Tendo testemunhado esta decisão em primeira mão, acho que a escolha de Angie, assim como tantas outras como ela, é absolutamente heroica", disse Pitt ao jornal londrino Evening Standard.

"Tudo o que eu quero para ela é ter uma vida longa e saudável, comigo e nossos filhos. Esse é um dia feliz para nossa família."   Continuação...

 
Atriz e ativista humanitária, Angelina Jolie sai de reunião de ministros das Finanças do G8, em Londres. Jolie se submeteu a uma dupla mastectomia para reduzir os riscos de desenvolver câncer de mama, e espera que seu caso inspire outras mulheres que enfrentam a doença. 11/04/2013. REUTERS/Toby Melville