Irmãos Tsarnaev eram mais americanos que chechenos, diz Depardieu

terça-feira, 21 de maio de 2013 17:22 BRT
 

GROZNY, Rússia, 21 Mai (Reuters) - O ator francês Gérard Depardieu disse nesta terça-feira que os irmãos de etnia chechena acusados de cometerem o atentado de abril na Maratona de Boston foram criados como norte-americanos e que os moradores da volátil região russa da Chechênia não podem ser responsabilizados.

O ator, que aceitou cidadania russa para evitar um novo imposto sobre fortunas em seu país natal, a França, estava ecoando declarações do líder checheno Ramzan Kadyrov, em cuja companhia Depardieu tem sido visto.

"Eu estava nos Estados Unidos quando o ato terrorista foi realizado em Boston. Concordo com Ramzan Kadyrov, que disse que os irmãos Tsarnaev têm sobrenome checheno, mas sua criação é americana", disse Depardieu em entrevista coletiva.

"Vocês não têm qualquer responsabilidade", disse Depardieu, que está na Chechênia para rodar um filme.

Os irmãos Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev são acusados de terem detonado as bombas caseiras que mataram 3 pessoas e feriram outras 264 junto à linha de chegada da maratona.

Investigadores dos Estados Unidos examinam supostas ligações de Tamerlan, morto em confronto com a polícia, e extremistas que cometem atos violentos na região russa do Cáucaso, da qual a Chechênia é parte.