Em novo livro, Bridget Jones tem problemas com bebedeira e Twitter

quarta-feira, 29 de maio de 2013 17:28 BRT
 

LONDRES, 29 Mai (Reuters) - A personagem Bridget Jones, criação da britânica Helen Fielding, retorna para lutar contra suas inseguranças em um terceiro romance, intitulado "Bridget Jones: Mad About the Boy", que deve ser lançado em outubro, informou o editor Jonathan Cape.

A londrina de 30 e poucos anos, que surgiu em uma coluna de jornal na década de 1990 e se tornou um livro popular e tema de filmes, ficou um pouco mais velha e está às voltas com os desafios das mídias sociais.

Na nova história, ela lamenta mensagens enviadas quando estava embriagada, jeans apertados e não ter seguidores no Twitter.

"Não enviem mensagens quando estiverem bêbados", diz Bridget em um trecho do novo romance, divulgado esta semana no Twitter e no Facebook. "Com o toque de um dedo um texto é disparado como uma bomba nuclear ou mísseis Exocet."

Não foram divulgados mais detalhes sobre a trama da nova obra.

"O Diário de Bridget Jones" saiu em 1996 e foi seguido por "Bridget Jones no Limite da Razão", em 1999. Os dois romances venderam mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo.

A atraente personagem atrapalhada apareceu em dois filmes estrelados por Renée Zellweger como Bridget, ao lado de Hugh Grant e Colin Firth.

(Reportagem de Paul Casciato)