Sting volta à infância em novo musical e álbum

quarta-feira, 5 de junho de 2013 14:45 BRT
 

Por Constance Watson

LONDRES, 5 Jun (Reuters) - Sting voltou à sua infância, lutando em um estaleiro no norte da Inglaterra, para criar um musical que irá estrear na Broadway no próximo ano e seu primeiro álbum de material original em 10 anos.

O musical, "The Last Ship", baseia-se na experiência de Sting em viver perto do Estaleiro Swan Hunter em Wallsend, Newcastle, e ver a morte da indústria britânica de construção naval nos anos 1980.

Uma porta-voz de Sting disse nesta quarta-feira que o musical também tinha inspirado o roqueiro a produzir seu primeiro álbum de material inédito em quase 10 anos, também chamado de "The Last Ship", que será lançado em 23 de setembro.

"Artistas convidados em ‘The Last Ship' com raízes no norte (da Inglaterra) incluem Brian Johnson, Jimmy Nail, os Unthanks, The Wilson Brothers e Kathryn Tickell", disse a porta-voz em um comunicado.

"The Last Ship", lançado pelo selo Polydor Records da Universal Music Group, trará 12 músicas e será produzido por Rob Mathes.

Sting, de 61 anos, lançou 10 álbuns desde que se dedicou à carreira solo depois da banda Police, por volta de 1984. Esse será o seu primeiro álbum com material original desde "Sacred Love", de 2003.

Além da música, Sting atuou em vários filmes, incluindo "Quadrophenia" e "Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes", e apareceu em seriados de televisão como "The Simpsons", mas essa é a primeira vez que ele assume um papel importante na produção de um musical.

Ele passou quase três anos trabalhando na história, que se concentra nos relacionamentos, família e comunidade, em colaboração com Joe Mantello, diretor do musical de sucesso "Wicked", e John Logan, co-roteirista do último filme de James Bond, "Operação Skyfall".

Sting, cujo nome de nascimento é Gordon Sumner, foi criado em Wallsend.