Filha adolescente de Michael Jackson tentou suicídio, diz mãe

quarta-feira, 5 de junho de 2013 18:06 BRT
 

LOS ANGELES, 5 Jun (Reuters) - Paris Jackson, filha de 15 anos do falecido cantor Michael Jackson, foi levada às pressas para um hospital na região de Los Angeles nesta quarta-feira após uma aparente tentativa de suicídio, disse a mãe da adolescente, Debbie Rowe, mas a família informou mais tarde que ela está "fisicamente bem".

"Paris está fisicamente bem e está recebendo tratamento médico adequado", afirmou Perry Sanders, um advogado da avó e tutora de Paris, Katherine Jackson, em comunicado.

"Ser uma garota sensível de 15 anos é difícil, não importa quem você é", acrescentou o comunicado. "É especialmente difícil quando você perde a pessoa mais próxima de você."

Michael Jackson morreu em 2009 aos 50 anos em consequência de uma dose letal do anestésico cirúrgico propofol enquanto preparava uma série de shows em Londres.

Paris, a segunda dos três filhos de Jackson, passou por "muita coisa (recentemente)", afirmou sua mãe, Rowe, ao programa de TV "Entertainment Tonight".

"Agradecemos os pensamentos de todos por Paris neste momento e seu respeito pela privacidade da família", disse um advogado de Rowe em comunicado.

O site de celebridades TMZ.com, que relatou inicialmente a tentativa de suicídio, disse que Paris tinha sido levada de sua casa em Calabasas, na Califórnia, por uma ambulância por volta de 2h da madrugada.

Jackson foi casado com Rowe de 1996 a 1999, e o casal teve dois filhos, Prince Michael, em 1997, e Paris em 1998.

Jackson depois teve um terceiro filho, Prince Michael II, também conhecido como Blanket.

Rowe entregou a guarda dos filhos a Jackson como parte do acordo de divórcio, mas ela tinha recentemente se reaproximado de Paris.

(Reportagem de Eric Kelsey)