Roteirista ganhador do Oscar quer disputar Presidência do Azerbaijão

sexta-feira, 7 de junho de 2013 14:22 BRT
 

Por Lada Evgrashina

BAKU, 7 Jun (Reuters) - O roteirista ganhador do Oscar Rustam Ibragimbekov disse nesta sexta-feira que vai desafiar o regime de uma década do presidente Ilham Aliyev no Azerbaijão nas eleições de outubro, se a oposição indicá-lo como candidato.

A popularidade de Ibragimbekov acrescentaria um toque de incerteza à eleição, que deve ser vencida por Aliyev, de 51 anos, que sucedeu o pai em 2003 e obteve quase 90 por cento dos votos cinco anos atrás.

"Se eu for oficialmente nomeado candidato presidencial, terei que levar isso adiante e não tenho medo", disse Ibragimbekov, por telefone, de Moscou.

O roteirista lançou na semana passada uma coalizão da oposição, o Conselho Nacional de Forças Democráticas, reunindo os inimigos de Aliyev sob uma bandeira para desafiar o presidente na eleição. Ele foi escolhido na sexta-feira para liderar o grupo.

Ele ainda precisa ser oficialmente registrado pela coalizão como seu candidato presidencial, e a candidatura precisa ser aprovada pela Comissão Eleitoral Central.

"Não posso ficar à parte da explosiva situação em meu país, o que me fez iniciar a ideia de unificação das forças da oposição", disse ele à Reuters.

Os azeris têm orgulho de Ibragimbekov, que co-escreveu o filme vencedor do Oscar de língua estrangeira de 1994 "O Sol Enganador", com Nikita Mikhalkov. Mas embora ele provavelmente ganhe os votos de protesto, analistas dizem que não será suficiente para derrubar Aliyev.

O Azerbaijão, país de 9 milhões de habitantes, fica entre o Irã e a Rússia e vem sendo cortejado pelo Ocidente por seu papel como uma alternativa à Rússia no fornecimento de gás e petróleo para a Europa.