Ex-presidente Bill Clinton leva prêmio de "pai do ano"

segunda-feira, 10 de junho de 2013 20:29 BRT
 

NOVA YORK, 10 Jun (Reuters) - Ele já foi comandante-chefe das Forças Armadas, homem do ano da revista Time em 1993 e aspirante a "primeiro-damo" dos Estados Unidos. Agora, o ex-presidente Bill Clinton se prepara para receber um novo título, o de "Pai do Ano".

O Conselho Nacional do Dia dos Pais pretende entregar a honraria ao político democrata na terça-feira, durante evento de arrecadação para a entidade Save the Children, em Nova York.

A filha única de Clinton, Chelsea, tinha apenas 12 anos quando a família se mudou para a Casa Branca. Nos oito anos seguintes, o presidente e a sua mulher, Hillary, se esforçaram em proteger a privacidade da menina.

A indicação de Clinton ao prêmio foi feita em janeiro. Na ocasião, Chelsea, hoje uma jornalista de 33 anos, mostrou-se eufórica pelo Twitter: "Concordo completamente!!!", escreveu ela no Twitter.

Além de Clinton, de 66 anos, o prêmio irá homenagear também o executivo-chefe da Macy's, Terry Lundgren. Em nota, o Conselho Nacional do Dia dos Pais disse que ambos tiveram "sucesso em equilibrar carreiras consumadas com as demandas da paternidade".

Desde que o prêmio foi criado, em 1941, três outros presidentes foram homenageados: Dwight Eisenhower, John Kennedy e Ronald Reagan.

(Reportagem de Francesca Trianni)