Sindicatos convocam greve na Grécia após fechamento de TV estatal

quarta-feira, 12 de junho de 2013 10:32 BRT
 

ATENAS, 12 Jun (Reuters) - Sindicatos gregos convocaram greve de 24 horas no dia 13 de junho em protesto contra o fechamento da tevê estatal ERT, informaram representantes sindicais nesta quarta-feira.

"Nós queremos mostrar nossa solidariedade com o funcionários da tevê estatal e protestar contra essas inaceitáveis reformas no setor público que os financiadores requisitaram", disse à Reuters o secretáro-geral do sindicato do setor público ADEDY, Ilias Iliopoulos.

Um representante de um sindicato de trabalhadores do setor privado GSEE, o maior do país, confirmou que vão aderir à greve.

A Grécia anunciou inesperadamente o fechamento de suas emissoras estatais de rádio e televisão na terça-feira, uma das medidas mais drásticas já tomadas em sua luta para fortalecer as finanças públicas falidas e cumprir com os termos de um resgate financeiro internacional.

A decisão de tirar a ERT do ar à meia-noite e demitir cerca de 2.600 funcionários desencadeou uma onda de protestos de sindicatos e parceiros da coalizão governista. Alguns dos canais da emissora saíram do ar antes mesmo do prazo.

Os três canais de televisão nacionais, juntamente com as emissoras de rádio regional, nacional e internacional, custam 300 milhões de euros à Grécia por ano.

(Reportagem de Renee Maltezou)

 
Funcionária limpa lágrimas do rosto enquanto trabalha na TV estatal grega, em Atenas. Sindicatos gregos convocaram greve de 24 horas no dia 13 de junho em protesto contra o fechamento da tevê estatal ERT, informaram representantes sindicais nesta quarta-feira. 12/06/2013 REUTERS/Yorgos Karahalis