Belga que se diz filha do rei quer intimá-lo em tribunal

terça-feira, 18 de junho de 2013 10:57 BRT
 

BRUXELAS, 18 Jun (Reuters) - Uma mulher que diz ser filha bastarda do rei da Bélgica, Albert 2º, solicitou que o monarca e dois de seus filhos sejam intimados a comparecer à Justiça para ajudarem a esclarecer a situação, disse o advogado dela na terça-feira.

A artista plástica Delphine Boel, de 45 anos, aparece na imprensa local desde o final da década de 1990 se declarando filha do rei, e já usou isso como tema na sua obra. O rei nunca se pronunciou oficialmente sobre isso.

Alain De Jonge, advogado dela, confirmou que ela abriu um processo judicial de reconhecimento de paternidade, mas não entrou em detalhes.

O palácio real confirmou, sem entrar em detalhes, que o rei e os príncipes Philippe e Astrid receberam a intimação. Um terceiro filho do rei, Laurent, não foi chamado.

Pela lei belga, o rei não pode ser obrigado a comparecer ao tribunal, o que limita as chances de sucesso da petição. Os príncipes, no entanto, podem ser intimados.

A Justiça belga não se pronunciou sobre o caso.

(Reportagem de Robert-Jan Bartunek)

 
Rei Alberto II, da Bélgica, comparece a evento de inauguração de memorial em Ostend, na Bélgica. Uma mulher que diz ser filha bastarda do rei da Bélgica, Albert 2º, solicitou que o monarca e dois de seus filhos sejam intimados a comparecer à Justiça para ajudarem a esclarecer a situação. 24/05/2013 REUTERS/Laurent Dubrule