Marido de Nigella é repreendido pela polícia por agredir a mulher

terça-feira, 18 de junho de 2013 18:19 BRT
 

LONDRES, 18 Jun (Reuters) - O colecionador de arte Charles Saatchi foi repreendido pela polícia por ter agredido publicamente sua mulher, a culinarista de TV Nigella Lawson, num incidente que foi fotografado e alimentou um debate sobre a violência doméstica na Grã-Bretanha.

Nas fotos, Saatchi, de 70 anos, aparece segurando o pescoço de Nigella, de 53 anos, durante um jantar no terraço de um restaurante londrino.

Na segunda-feira, ele minimizou as fotos, dizendo que tudo não passou de uma "briguinha travessa" e que ele estava segurando-a para enfatizar seus argumentos numa discussão sobre os filhos.

Ele acrescentou que o casal se entendeu, mas que Nigella saiu de casa quando "a poeira baixou".

Um porta-voz da polícia metropolitana de Londres disse nesta terça-feira que as autoridades tomaram ciência das fotos e realizaram uma investigação.

"Ontem, segunda-feira ... um homem de 70 anos compareceu voluntariamente a uma delegacia de polícia no centro de Londres e aceitou um alerta sobre uma agressão", disse o porta-voz. "Isso normalmente encerraria o assunto."

(Por Belinda Goldsmith, com reportagem adicional de Michael Holden)