Ator James Gandolfini, da série "Família Soprano", morre na Itália

quarta-feira, 19 de junho de 2013 21:57 BRT
 

LOS ANGELES, 19 Jun (Reuters) - O ator James Gandolfini, mais conhecido por seu papel premiado com um Emmy de um chefe da máfia no seriado "Família Soprano", no canal HBO, morreu durante as férias em Roma, na Itália, afirmou a emissora nesta quarta-feira.

Gandolfini, de 51 anos, que começou sua carreira no teatro, em Nova York, fazendo sua estreia na Broadway em 1992 com uma remontagem de "A Streetcar Named Desire", morreu de um possível ataque cardíaco, disse a porta-voz da HBO, Mara Mikialian, à Reuters.

Desde que "Família Soprano" terminou após seis temporadas, em junho de 2007, Gandolfini participou de uma série de projetos nas telonas, incluindo o suspense de espionagem "A Hora Mais Escura" e a comédia "O Incrível Burt Wonderstone".

Atualmente, Gandolfini trabalhava em uma próxima série da HBO chamada "Criminal Justice". A HBO se recusou a dar detalhes sobre a série, dizendo apenas que estava em produção e que Gandolfini era parte dela.

"Estamos todos em estado de choque e sentindo uma tristeza incomensurável com a perda de um membro querido de nossa família", disse a rede em comunicado.

"Ele era um homem especial, um grande talento, porém mais importante, uma pessoa gentil e amorosa que tratava a todos, não importa o seu título ou posição, com igual respeito."

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)