Dior propõe volta ao mundo com desfile em Paris

segunda-feira, 1 de julho de 2013 20:31 BRT
 

Por Alexandria Sage

PARIS, 1 Jul (Reuters) - A grife francesa Christian Dior evocou uma viagem aos quatro cantos do mundo em seu desfile de segunda-feira na semana de moda de Paris, apresentando sua coleção de alta costura para a temporada de outono/inverno de 2013/14.

Mulheres da Europa, Américas, Ásia e África serviram de inspiração para o diretor artístico Raf Simons, que levou às passarelas vestidos de seda com matizes de coral, anáguas com contas, lantejoulas e ousados motivos gráficos tribais - tudo concebido para agradar à endinheirada clientela da marca no mundo todo.

A alta costura é o filé-mignon do mercado global do luxo, que envolve 212 bilhões de euros (275 bilhões de dólares) por ano. Dentro desse universo, a Dior - pertencente ao grupo LVMH - ocupa um lugar cobiçado, como sendo o apogeu da elegância.

"A coleção evoluiu para ser a respeito de a Dior não ter a ver só com Paris e a França, mas com o resto do mundo e como muitas culturas da moda impactam a grife e a mim mesmo", disse Simons ao explicar a coleção.

(Reportagem adicional de Pascal Denis e Lucien Libert)