Geórgia acusa Depardieu de violar suas leis ao visitar a Abkházia

quarta-feira, 3 de julho de 2013 17:17 BRT
 

TBILISI, 3 Jul (Reuters) - O ator Gérard Depardieu violou as leis da Geórgia ao visitar a região separatista da Abkházia e se reunir com líderes locais sem avisar as autoridades nacionais georgianas, disse uma autoridade na quarta-feira.

Ketevan Tsikhelashvili, vice-ministra encarregada da reintegração da região, disse que a ação é punível, mas dificilmente resultará em prisão. "Achamos que ele não sabe o que está acontecendo na Abkházia", afirmou ela.

Depardieu, francês de 64 anos, recebeu cidadania russa em janeiro, depois de criticar um novo imposto francês sobre fortunas.

A Rússia reconheceu a independência da Abkházia e de outra região separatista, a Ossétia do Sul, após uma guerra de cinco dias contra a Geórgia, em agosto de 2008. A Geórgia e a maioria dos demais países não reconhecem essas regiões como nações independentes.

(Por Margarita Antidze)