Prefeito ciclista de Roma fecha avenida do Coliseu para carros particulares

sábado, 3 de agosto de 2013 12:54 BRT
 

ROMA, 3 Ago (Reuters) - A avenida movimentada que corta liga a Piazza Venezia de Roma ao Coliseu foi bloqueada para o tráfego de automóveis particulares neste sábado, na primeira etapa de um plano para tornar a área livre dos automóveis, que provocou a ira de alguns moradores, mas que o prefeito diz ter importância global.

Horas antes do fechamento da via, motos e carros circularam Coliseu soando suas buzinas e tirando fotos para marcar a última vez que iriam tomar a rota imortalizada por Audrey Hepburn e Gregory Peck em um passeio de scooter no filme "A princesa e o plebeu" de 1953.

A arena de quase 2000 anos, onde gladiadores lutavam batalhas sangrentas para o entretenimento de grandes multidões, foi escurecida pela fumaça do tráfego pesado que durante anos passou perto de suas paredes.

Ao fechar a maior parte da estrada Fori Imperiali, de 1,1 km do Coliseu até o monumento gigante de mármore Victor Emaneule, o prefeito de centro-esquerda Ignazio Marino espera, eventualmente, transformar toda a área em um parque arqueológico.

"Temos que escolher se queremos carros ou valorizamos nossos monumentos", disse Marino, que adotou um estilo distinto desde a sua eleição, há dois meses, ao ir de bicicleta para compromissos.

"Eu não acho que qualquer outra cidade no mundo ... teria transformado o Coliseu, provavelmente o mais famoso monumento do planeta, em uma rotatória."